terça-feira, 30 de agosto de 2011

Sem trânsito sem avião...

Que bom seria na vida do dia a dia, poder viver com mais cantoria,
Acordar cedo, sentir o vento sem pressa, fazer minhas tarefas sem nenhuma correria,
Observar um passarinho, o verde de árvores e caminhos que sem pressa vou passar.
E sentir que no fim do dia, depois de tanta correria, acrescentei algo em meu olhar...
CamomilaRosa 

Saia desse asfalto e vem, 
pra nossa estrada que é de chão...
Tem poeira e barro tem, cavalo e boi preste atenção!
Você não vai se arrepender, pois a paisagem pode crer, é demais, é de babar!
Descalço sem se preocupar, 
se solte e venha pro sertão, o céu no chão parece estar, sem trânsito, sem avião.


Victor e Leo 
CamomilaRosa

Dicas de bons filmes

 
Filme de 1998 que vale muito a pena ser visto...Com ótimos atores, e uma história de aventura, amor e magia que te prende do começo ao fim. Difícil de achar hoje em dia nas locadoras... se procurar na internet, dá pra assistir.
http://www.filmesepicos.com/2010/08/merlin-1998.html
No elenco entre outros:
Sam Neill
Rutger Hauer
Isabella Rossellini





Na verdade é uma série de TV de 8 episódios bem grandes, mas aqui no Brasil você já encontra nas locadoras como filme em capítulos. Adaptado do livro de Ken Follett, é uma daquelas histórias que você não consegue começar a ver e deixar pra lá, pois você quer ver os mocinhos se darem bem e o vilão se dar muito mal... eu até vibrei, quando vi as últimas cenas do último episódio. Muito bom...e é claro que tem um dos meus atores ingleses preferidos "Mattew Macfadyen".
Recheado de suspense, corrupção, ambição e romance, Os Pilares da Terra é decididamente a obra-prima de um autor que já vendeu 90 milhões de livros em todo o mundo.
Donald Sutherland    Natalia Wörner e Rufus Sewell


As Brumas de Avalon   Legendado
Também baseado em um livro de Marion Zimmer Bradley, este filme lançado em 2001, trás a história antiga dos povos celtas sendo catequizados pelo cristianismo e tendo que escolher entre a nova religião e a antiga, dedicada a Deusa.
História longa, de um conto místico da época do Rei Artur, onde Avalon (lar da antiga religião) ainda é nos tempos de hoje na Inglaterra (Glastonbury), um lugar de lendas e muito misticismo.

CamomilaRosa

domingo, 28 de agosto de 2011

Cartas, não estão no passado...

Parece impossível que hoje em dia, as pessoas ainda mandem cartas uma para as outras. 
Mas isso acontece!
Minha irmã Alecrim é uma adepta das letras em papel... e como é bom de vez em quando exercitar a  escrita e lembrar: "-Nossa! Minha letra é assim mesmo!". Pois realmente escrevemos muito pouco hoje em dia e digitamos com a ponta dos dedos quase que o tempo todo.

E no meio das doces palavras de motivação e incentivo vem um primoroso desenho da minha sobrinha de 4 anos...
Quem seria essa figura com um corpão que mais parece uma barrigona? Pergunto para o papai Girassol!
E por fim, para lembrar os bons tempos de escrita...quando eu fazia poemas apaixonados para namorados inexistentes ou aqueles amores da juventude impossíveis de se conquistar, deixo um poema de 1990.
Poemas de Amor
Você,
Me fez olhar o céu e enxergar estrelas,
E ao mesmo tempo me fez entende-las.
Você,
Me fez sentir de-repente o amor que dá na gente,
E que as vezes sem motivo se transforma em saudade doente.
Você,
Me fez pensar, e ao pensar chorar, se um dia te perdesse,
Por isso não posso perder o sonho de te amar para sempre.
Você,
Me fez lembrar de sorrisos em noites de verão,
Mas longe de você a noite é sem estrelas, um mar de escuridão.
CamomilaRosa

Amsterdam

Bela e nostálgica...
Trago na memória, belos e robustos edifícios de quatro séculos e amistosos moradores. Sempre prestativos e educados...  E suas bicicletas para toda a família.
A melhor batata frita de rua... com muito molho de "alho"... e assim eu me sentia segura contra vampiros... eu andei alguns dias sozinha pela cidade o dia todo... então...melhor prevenir!
As ruas misteriosas acumulam charme, mistério, história e guardam uma beleza única. Assim como os belos canais com cisnes brancos ou ameaçadores corvos pretos. 
Uma cidade repleta de museus inusitados e variados (recomendo uma visita ao Museu da Hiden Church – ou – “Our Lord in the Attic Museum”, é um pouco difícil, mas se eu encontrei... qualquer um consegue. O prédio acomoda uma casa do séc. XVII e uma Igreja com relíquias no terceiro andar... Incrível).
Igrejas e edifícios históricos (recomendo o Museum  Van Loon, dá uma idéia perfeita de como é uma daquelas casas imponentes por dentro). 
E o paraíso das flores... Muitas flores... (Bloemenmarkt). A sensação de entrar neste lugar começa pelo olfato... é sério... impressionante. 
A segurança de suas vielas assustadoras, o calor de suas lojas... O exótico cheiro da noite... 
Com uma palavra descrevo sua cultura: Tolerância. Que fez da cidade e seu povo um dos lugares mais distantes e aconchegantes em que já estive.
Voltaria de olhos fechados... Com ou sem vulcão bloqueando o espaço aéreo!
Alecrim

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Torta de arroz de liquidificador

Esta receita aprendi com minha madrinha Darcy que mora em São Paulo...Ela me disse:
_ Não joga restinho de arroz fora não! Faz uma torta! Pode todo tipo de sobra.
E eu disse:
_Mas como assim, usar as sobras?
Casada de nova e sem saber como aproveitar os alimentos... aprendi mais que depressa que não é preciso jogar nada fora, tudo se aproveita, e as invenções na cozinha começaram.
Minha madrinha dizia que podia usar na torta além do resto de arroz do almoço, o restinho da abobrinha, da couve, e de qualquer legume junto. No final a torta parece mais um suflê, e eu adoro rechear ela com carne moida.
No liquidificador:
3 ovos
1/2 xícara de óleo
1 xícara bem cheia de arroz
1 pote de iogurte natural - ou 1 xícara e meia de leite
2 colheres de sopa de trigo
1/2 colher de fermento em pó
sal
Bater tudo e colocar um pouco em uma assadeira quadrada pequena untada e enfarinhada.
Depois é só colocar o recheio:
1 xícara cheia de carne moida já cozidinha e bem temperada com alho cebola, orégano e 1 pacotinho de tempero pronto vermelho (É o amor!!!).
1 lata de ervilha sem água
1 tomate picadinho
Azeitona verde a gosto
Mais orégano e para quem gostar, 1 fatia picadinha de pimentão.
Misturar tudo e colocar na assadeira. Depois é só colocar o restante da massa por cima e polvilhar queijo ralado, mangericão e orégano fresco.
Assar em forno pré aquecido por 1 hora. (pois é... ela demora)
Nesta receita da foto que fiz hoje, não usei o queijo ralado, pois faltava na despensa.
Meu marido gosta de comer com requeijão, eu prefiro com pimenta e catchup ou muito limão.
 Pode-se rechear com presunto e queijo, atum, colocar molho de tomate no meio, etc.
Aproveitem o restinho de hoje e façam...
CamomilaRosa

Amizade e muita ajuda...

Muita ajuda mesmo... hoje não consigo me imaginar cuidando da casa, do jardim, e de milhões de detalhes e coisinhas sem esses dois amigos.
Marcos e Roseli, apareceram aqui em casa, bem por acaso apenas para limpar meu quintal e depois de 4 anos,  eu começo a imaginar que não foi o acaso que colocou essas duas pessoas na vida da minha família.
Quando precisei de ajuda em casa, para limpar e lavar enquanto eu cuidava de um bebê... lá estavam eles.
Quando precisei de um eletricista, jardineiro, encanador, etc... lá estavam eles.
E por fim, no momento de maior tristeza este ano, quando minha querida cachorra Brida (de 10 anos) faleceu, as primeiras pessoas que chegaram e nos ajudaram com as muitas lágrimas, com a tarefa de cuidar do enterro e nos mostrar o que fazer, foram eles.
Existem coisas que marcam muito e não tem preço...
O Marcos e a Roseli, são pessoas que conseguem fazer isso com a gente!
Obrigada por tudo!
E pra quem mora em Amparo-SP, vou fazer um propaganda...
E digo, quem precisar de: reparos elétricos e hidráulicos, limpeza de caixa d´agua e forro, instalação de telefone, limpeza de terreno, etc... 
Pode ligar pro Marcos...claro que eu recomendo.
O telefone é: (19) 97511585 / 96621003
CamomilaRosa

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Nossa história dos chás

Uma habilidade em especial, de herança materna (mãe Alfazema), foi passada de geração em geração... O uso dos chás. E nós acabamos cedendo a essa paixão em algum momento da vida... Por prazer, afeição ou necessidade.
Confesso que quando era criança, não gostava de todos os chás que minha mãe me fazia tomar... Claro que alguns deles eram remédios e só agora eu entendo isso. Mas, alguns eu gostava e muito... como o de matte quente, capim cidreira e melissa... que até hoje me lembram as tardes no sítio de Minas...

  
Depois de quebrar alguns paradigmas, comecei a me aventurar em algumas misturas. Ao contrário da Camomila, eu fujo dos tradicionais. Embora o chá de capim Cidreira ou de Melissa, em um dia de chuva, ao lado do fogão a lenha da mamãe Alfazema tenha seu valor...
Misturas inusitadas que eu recomendo:



“Monalisa” (por que não tem como não sorrir) - Uma colher de sopa de flor de hibisco, uma colher de sopa de maçã seca, dois anis estrelado, uma colher de sobremesa de jasmim, duas amêndoas torradas em pedaços.
Infusão com água fervente por cinco minutos. O sabor é doce, marcante e a cor, deliciosamente rosa... Recomendo que seja tomado em uma xícara branca... afinal apreciar com os olhos é fundamental.
“Dia de chuva” (Calmante) - Uma colher sopa de camomila, uma colher sopa de melissa, uma colher sopa de malva e dois anis estrelados.
“Ventania” (Estimulante) - Uma colher sopa de maçã, uma malva, um anis estrelado e uma um pau de canela. 

"Última ceia" (Digestivo) - Uma colher de dente de leão, duas colheres de camomila em flor e 1 colher de semente de erva doce. Fever só 1 minutinho. E bons sonhos!!!
Aproveitem...
Em breve mais dicas de chás

Alecrim

domingo, 21 de agosto de 2011

As crianças e as lições da vida!

É preciso falar destas crianças animadas que encaram com naturalidade e espírito de aventura, qualquer atividade proposta pelos pais...
E lá vão eles pelos bosques que entramos a procura de frutinhas, macacos, e abraços em árvores!
Aprendem o valor da terra...
Em cada viagem uma nova descoberta e um novo caminho!
 
Aprendem que o amor é pra vida toda, e que mágoas, desencontros e tristeza tem que ser sentimentos passageiros...
E com muita paciência tentamos ensinar o que é dividir e compartilhar as coisas com os primos ou com qualquer pessoa...tarefa não muito fácil, quando se trata de crianças muito pequenas!
E lá vamos nós, ensinando com as sensações e com as aventuras da vida... pois estamos sempre em movimento... todos... e não estamos neste planeta pra ver a vida apenas passar...
Corremos em busca dos acontecimentos, emoções e crescimento pessoal e a todo momento tentamos passar o que aprendemos para nossas crianças... para que elas se tornem mais especiais ainda na vida de outra pessoa!
Pra terminar meu raciocínio, deixo esta música que é tema da minha família e de nossas muitas viagens... letra maravilhosa de Roberto Carlos que me emociona muito!!!
CamomilaRosa

sábado, 20 de agosto de 2011

De Camomila para Alecrim...

Alecrim é assim... é de peixes!
A vida é movida por sonhos e emoção... 
Vive por entender a natureza e aproveitar o que é mais belo...
Sem preguiça, com entusiasmo da vida...
Uma página em branco para Alecrim não existe!
É preenchida o mais rápido possível com o melhor que ela pode dar.
E vai se vivendo...procurando o belo...levando sempre a cria junto, para aprender!
As vezes Alecrim precisa da ajuda de pessoas mais que especiais que sempre estão presentes... e a ajuda vem e Alecrim se sente segura!
E depois de muito esforço sempre colhe as boas flores!
Em casa, procura ter sempre o jardim florido, no pequeno espaço da varanda, faz milagre!
Ervas e chás são especialidades da casa (herança de família).
Foi abençoada com o dom de fazer o bebê mais fofucho do mundo (minha linda sobrinha)!!!
Que tem seus dons de observação do mundo e também suas artes!
No momento desta vida Alecrim está aqui, escrevendo e trabalhando mais que nunca...
Boa sorte pra você Alecrim...
Oras... onde você foi?!
CamomilaRosa

Torta de frango e massa de espinafre

espinafre 300x225 Benefícios do esfinafre  
Aqui em casa eu e meu marido adoramos espinafre, mas as crianças...não podem nem ver! Então eu escondo ele!

Coloco no omelete, nos bolinhos de arroz e nas tortas que ficam verde e a gente fala que é a torta do Hulk! Como aqui em casa as crianças não conhecem o Popeye, mas são fãs da Marvel e DC Comics (por causa do pai), então tive que dizer que "Quando se come espinafre, a gente fica forte igual ao Hulk".
E meu filho grita ao longe: "Hulk esmaga!!!" 
Não fica aquela torta bonita... mas é muito saudavel!

Enquanto a torta vai assando, abro um vinho e vou tomando... e logo percebo que manchei minha toalha de piquenique favorita. Que fazer! Tiro ela rapidamente e jogo em cima todos os produtos de limpeza que tenho.

Esta receita, peguei faz muito tempo do site: www.tudogostoso.uol.com.br apenas acrescentei o espinafre na massa.
Para a massa:
500 ml de leite
200 ml de óleo de soja
2 e1/2 xícaras de farinha de trigo
1 colher de café de sal
4 ovos
2 xícaras de espinafre cru
2 colheres de café de fermento em pó cheias
25 g de queijo parmesão ralado
1 pitada de orégano
Para o recheio:
1 peito de frango grande cozido por 30 minutos em panela de pressão e desfiado
1 lata de palmito picado
1 lata de ervilha com milho
3 colheres de molho de tomate
1 tomate picado
1 cebola picada
Azeitonas
Orégano
Ligue o forno a 200° e deixe esquentar;
Bata todos os ingredientes da massa no liquidificador exceto o queijo, e nos últimos segundos acrescente o fermento;
Misture todos os ingredientes do recheio em uma bacia;
Despeje metade da massa em uma assadeira grande de inox ou alumínio, untada com bastante manteiga, espalhe o recheio por cima e cubra com a massa;
Arrume com uma colher os buraquinhos que ficarem, polvilhe queijo parmesão e coloque para assar até dourar, aproximadamente 30 a 40 minutos, depende do forno.


Troco a toalha da mesa, pego minha pimentinha e vou engordar mais uns quilinhos!
CamomilaRosa